Alimentação Infantil Equilibrada

Maio 1, 2010

Nos dias que correm muitas são as preocupações dos pais e educadores com a alimentação das crianças. Os avanços da medicina e o aumento dos conhecimentos sobre nutrição humana levaram à constatação de que as crianças não têm o metabolismo de um adulto, pelo que a sua alimentação deverá ser feita em função da sua idade e necessidades específicas nesse dado momento.

As crianças são todas diferentes e os seus hábitos alimentares variam muito em função da idade, estados de espírito, saúde, épocas do ano, etc. Para muitos pais a hora da refeição é algo de problemático, seja porque os seus filho se recusam a comer determinados alimentos, seja porque tendem a comer de mais.

Ao longo do blog tentarei sistematizar alguns conselhos relativos à alimentação dos mais pequenos, com especial ênfase nos problemas alimentares e fundamentos para uma correcta dieta alimentar infantil.

Ao contrário do que é comum pensar-se, comer muito não é sinónimo de comer bem, e uma criança gordinha, embora possa parecer saudável, pode não estar a fazer uma alimentação equilibrada, o que lhe trará problemas no futuro.

Os pais e educadores devem estabelecer a disciplina nas refeições, quer em termos de horários, locais ou dos próprios hábitos alimentares das crianças.

Lembre-se: da alimentação do seu filho em criança dependerão, muito provavelmente, os seus hábitos alimentares no futuro.


Mãe, tenho fome!
A criança não deve estar constantemente a comer fora das refeições, sobretudo se for guloseimas. Algumas crianças tendem a queixar-se constantemente de fome e, muitas vezes os pais cedem quando o não deveriam fazer. Se o seu filho pedir constantemente comida fora das refeições, faça o possível por dar-lhe líquidos em vez de sólidos, sobretudo água. Contudo, a vontade constante de comer manifestada pelas crianças pode não advir apenas de maus hábitos alimentares e sim de reais questões de saúde (lombrigas, por exemplo) pelo que, se o problema persistir, é aconselhável consultar um médico.


Uma refeição equilibrada
Em termos gerais, uma refeição principal equilibrada deverá ser composta por uma parte maior de hidratos de carbono com amido (arroz, massa e cuscuz ou batata, feijão e ervilhas), acompanhada de uma parte menor de alimentos proteicos (leguminosas, grãos). O consumo de gorduras e açucar devem ser feitos em quantidades mínimas.

Uma criança que recuse determinado tipo de alimento pode não estar apenas a fazer birra ou a ser esquisita. De facto, a introdução dos variados tipos de alimentos na dieta alimentar das crianças deve ser feita de forma gradual, espaçada e tendo em conta que uma criança não tem a capacidade de digerir o mesmo tipo de alimentos que de um adulto. Sempre que pretender dar pela primeira vez um determinado alimento à criança, dê-lho a provar com uma colher pequena ou com o dedo. Se a criança gostar, dê-lhe mais, até que, por fim, possa apresentar o prato completo.

Anúncios

3 Responses to “Alimentação Infantil Equilibrada”


  1. Para TODAS as Mães do Mundo!!!


  2. O Dia da Mãe era já festejado na Grécia Antiga e em Roma. Os romanos festejam o Dia da Mãe em honra a Cybele, a mãe dos seus deuses, enquanto os gregos o celebravam em honra de Rhea, mãe dos seus deuses e mulher de Cronos. Em Portugal, o Dia da Mãe era festejado a 8 de Dezembro, mas actualmente é comemorado no primeiro Domingo de Maio.

    Independentemente da raça ou da espécie, uma coisa é certa: mãe só há uma. Tal como para os humanos, não existe nada mais forte no mundo animal do que a relação entre mãe e filho. As crias dependem das suas mães para sobreviver e, de um modo geral, são elas que as preparam para a vida adulta. As mães são muito carinhosas, podendo ser também, por vezes, agressivas com todos os que querem fazer mal aos seus filhos. Estes são a sua principal prioridade e razão de viver.

    Por essa mesma razão, o seu sofrimento e aflição são tão grandes quando vêem os filhos serem-lhes roubados. Um sentimento de perda que não consegue ser ultrapassado e que muitas vezes, tal como acontece com os humanos, é a principal causa de angústia e depressão.
    Todos os anos, milhares de crias são roubadas às suas mães que, por seu lado, são obrigadas a procriar e a renunciar continuamente à criação dos seus filhos.

    Ler mais »»»»»»» http://universoalimentos.blogspot.com/2010/05/para-todas-as-maes-do-mundo.html


  3. […] This post was mentioned on Twitter by M. de Lourdes Feitor. M. de Lourdes Feitor said: Alimentação Infantil Equilibrada « Vegetarianismo e Alimentação Infantil: http://bit.ly/9YFICY via @addthis […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: