Vegetarianismo para crianças

Maio 19, 2010

A criança vegetariana pode ser saudável também!

Pais vegetarianos tendem a estender a prática aos seus filhos também. E isso é certo?
Não há certo ou errado nessa situação, já que crenças e hábitos não são facilmente mudados.
As principais preocupações em relação às crianças vegetarianas se concentram no ferro, no cálcio, na vitamina B12, no zinco e, quando não há suficiente exposição ao sol, na vitamina D. Alimentos de origem animal, fontes mais ricas desses nutrientes, são muito importantes nessa fase de grande desenvolvimento
O estômago das crianças tem capacidade reduzida, então partimos do princípio que quando os alimentamos, esses alimentos devem ser de alto valor nutricional.
Pensando nisso, seguem algumas dicas de como aproveitar ao máximo os nutrientes provenientes dos alimentos para crianças vegetarianas:
-Amamente seu filho pelo menos até os seis meses e se possível estenda até os dois anos, tirando leite com uma bombinha e oferecendo num copo especial. Se isso não for possível, ofereça leite em pó enriquecido. Mas se a criança não se alimenta com leite de vaca, escolha então algum leite de soja em pó enriquecido com vitaminas e minerais;
-A partir dos 6 meses de idade, já podemos começar a incluir alimentos além do leite.
O ideal é que se comece com a papinha ou suco de fruta no lanche da manhã. Acrescente a papinha farinhas como Mucilon de arroz ou mesmo 1 colher de café de farinha de linhaça (triturada na hora). A farinha de linhaça é rica em fibras, vitaminas e minerais, além do ômega-3.
-Depois de um tempo, podemos incluir as papinhas amassadas com garfo.
Procure incluir nas papinhas, além dos legumes e tubérculos (batata, cará, inhame…):
· Vegetais verde escuros – são ricos em vitaminas (A, ácido fólico, C, E, K), minerais (cálcio, ferro, fósforo, magnésio, potássio), fibras e clorofila (fonte de energia) e antioxidantes;
· Leguminosas (feijão, ervilha, lentilha) – são fonte de proteínas vegetais e apresenta em sua composição, carboidratos complexos, fibras, vitaminas do complexo B, minerais como potássio, fósforo, magnésio, zinco, ferro e cálcio. Tofu – Rico em proteínas;
· Arroz integral, aveia, farelo de aveia, macarrão integral.

– Para aumentar a absorção do ferro e ajudar a prevenir a anemia, sirva 1 copo de suco de laranja (Rica em Vitamina C) junto com a refeição;

– As crianças vegetarianas restritas devem tomar suplemento de Vitamina B12;

-Use melado de cana para adoçar os alimentos. Ele tem vitaminas e minerais como o Ferro;

-Conforme a criança cresce, ela come a comida da casa e não mais a papinha. Continue caprichando então na variedade desses alimentos.

Para qualquer criança, seja vegetariana ou não, é importante que a alimentação seja rica e saborosa.
Rica significa bem variada, com nutrientes de todo tipo.
É importante que a comida das crianças seja calórica o suficiente para seu crescimento satisfatório.
Para isso, use cereais integrais, leguminosas, legumes, verduras e frutas regularmente.
Enriqueça os pratos com azeite, castanhas ou nozes picadas, tahine (molho de gergelim, rico em gorduras de boa qualidade e proteínas).

Use variedade de leguminosas como feijões de várias cores, grão de bico, ervilha em grão, lentilha.
Prepare os legumes com pouca ou nenhuma água (para preservar as vitaminas, minerais, textura e sabor).


Fonte

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: